Paróquia

Santuário Arquidiocesano São Francisco de Assis

07h
- Santa Missa

10h30
- Santa Missa
18h
- Santa Missa
Todo dia 4

18h - Bênção dos animais

19h - Missa Votiva em honra a São Francisco de Assis

(poderá ocorrer alterações na programação quando a data coincidir com sábados, domingos e feriados)

Você está em:

Patrimônio mundial

Em 2016, o Conjunto Arquitetônico da Pampulha conquistou o título de Patrimônio Mundial da Humanidade. A decisão foi tomada durante a 40ª sessão do Comitê do Patrimônio Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), realizada no mesmo ano, no Centro de Convenções de Istambul, na Turquia. Com essa decisão, o Conjunto da Pampulha, em Belo Horizonte, passou a ser o 20º bem brasileiro inscrito na Lista do Patrimônio Mundial.

Encomendado pelo então prefeito de Belo Horizonte Juscelino Kubitschek ao arquiteto Oscar Niemeyer, o conjunto modernista também contou com Roberto Burle Marx, que assina o paisagismo, e Candido Portinari, autor do painel externo de azulejos da Igreja de São Francisco de Assis, que é um dos principais cartões-postais de Minas Gerais, lembra o ministério.

Também participaram do projeto original o engenheiro Joaquim Cardozo e os artistas Paulo Werneck, Alfredo Ceschiatti, August Zamoyski e José Pedrosa. Construído nos primeiros anos da década de 40, o conjunto antecipa conceitos arquitetônicos que viriam a ser aplicados anos mais tarde na construção de Brasília. O Conjunto Moderno da Pampulha é uma referência na arquitetura mundial pela utilização do concreto armado, que ainda não havia sido utilizado em construções semelhantes.

Compõem o Conjunto Moderno da Pampulha a paisagem que se forma com a integração entre a Lagoa da Pampulha e sua orla, os jardins de Burle Marx, a Igreja de São Francisco de Assis, o antigo Cassino (atual Museu de Arte da Pampulha), a Casa do Baile (atualmente Centro de Referência em Urbanismo, Arquitetura e Design de Belo Horizonte), o Iate Golfe Clube (atual Iate Tênis Clube) e a Praça Dalva Simão (antiga Santa Rosa).